“É necessária uma mudança fundamental na maneira como pensamos o papel da educação no desenvolvimento global, porque ela tem um efeito catalizador sobre o bem-estar das pessoas e para o futuro do nosso planeta […].”
Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO

* Quem vai conversar conosco:

– Sofia Fada:
É jornalista formada pela UFMG, com mais de 20 anos de experiência como roteirista e redatora. Já assinou trabalhos para clientes de renome, como Petrobras, Vale, Cruzeiro Esporte Clube, Governo de Minas, MRV, etc. Participou do núcleo de dramaturgia do Grupo Galpão, sendo uma das autoras das peças “Caixa Postal 1.500” e “Por toda a minha vida”. É autora do livro infantil “O Menino Revirado” , diretora do documentário “O passo a passo de uma tradição”; e roteirista do longa metragem “Vozes da Resistência”. Foi coordenadora de projetos especiais dos Diários Associados. A partir de uma experiência real vivida por ela e seu filho mais velho, migrou completamente de área e fundou a Kriativar, startup de educação e tecnologia que tem como missão promover o protagnismo infantil, oferecendo ferramentas para que pais e escolas possam estimular todo o potencial criativo de nossas crianças e jovens. A kriativar já passou pelo SEED e pelo Baanko Challenge, venceu o Inovapps, concurso do Ministério das Comunicações e agora está na terceira fase da FIEMGLab. Recentemente, foi eleita a quinta startup mais atraente do Brasil na opinião de empresas como Cemig, HP, Algar, OI e Faber Castell.

– Felipe Farinelli Lima (Brito):
É psicólogo e profissional do desenvolvimento. Há 15 anos atua na facilitação e gestão de projetos, programas e iniciativas socioambientais contribuindo com o desenvolvimento de pessoas, grupos, organizações, negócios sociais e comunidades. Trabalhou em oito estados brasileiros e em encontros pela América Latina e África do Sul. Graduado em psicologia pela PUC Minas, praticante da prática social reflexiva formado pelos programas Profides (Instituto Fonte) e Artistas do Invisível (Instituto Fonte e The Protheus Initiative). Trabalha em parceria com a Noetá e a Cingulado. Viveu e trabalhou 10 anos em São Paulo, mora em Belo Horizonte. Também é cozinheiro, amante da natureza e dos esportes de aventura.

* Onde será:

A Amadoria é uma empresa que cria, planeja e realiza experiências de aprendizagem, arte e conexão por meio de metodologias inovadoras e trabalho em rede alinhando habilidades comportamentais, conhecimentos e mindsets necessários para o novo contexto de mundo que vivemos que exige flexibilidade, criatividade e evolução contínua.

A AMADORIA É UMA CASA?

Também! Mas nós transcendemos nosso espaço físico. A Amadoria tem uma casa com espaço amplo, agradável, aconchegante e inspirador, no coração do bairro Floresta, em Belo Horizonte. A casa art déco foi construída em 1930, em um dos pontos mais tradicionais da cidade. Abriga de forma aconchegante as experiências que geram uma atmosfera de inovação e conectam cada participante à sua própria essência.

————————–————————–——————–
E, pra quem ainda não conhece, o que é o MES?

O MES – Meetup de Empreendedorismo Social são encontros mensais para discutir temas relacionados ao Empreendedorismo Social que possam contribuir para o desenvolvimento local e suportar empreendedores, projetos e empresas que buscam gerar impactos positivos na sua comunidade.

Ficou curios@? Quer conhecer e saber mais de perto?

Te esperamos no dia 28/03!

⚠ Não se esqueça! Sempre fazemos um lanchinho colaborativo no final de todo Meetup. Traga comidinhas e/ou bebidas para deixar o nosso encontro cada vez mais gostoso! ♥

 

Página do evento no Facebook

DATA:

28/03/18

HORÁRIO:

19 às 21h