Resenha de Filme – Um senhor estagiário – Direção: Nancy Meyers, 2015



23 janeiro, 2020
Amor

Estrelado por Robert De Niro e Anne Hathaway, o filme Um senhor estagiário nos traz valiosas reflexões sobre as recentes transformações no mundo do trabalho. A protagonista é uma jovem empreendedora que explode no universo digital com a sua e-commerce de vestidos de casamento. A empresa é super cool, bem estilo startup descolada repleta de representantes da Geração Y e Millenium.

O enredo nos mostra os desafios de uma jovem mulher em gerir a sua empresa, focada em produtos e na geração de boas experiências do cliente.

O dilema desvenda a vida cotidiana da maioria dos empreendedores e principalmente as empreendedoras que se veem no dilema de equilibrar trabalho, casa, filho, casamento, dinheiro e outras pendengas da vida.

Prestes a ter um burnout, a jovem empresária decide contratar um estagiário para ajudá-la. Pulando as etapas deste processo, de uma forma inusitada acaba sendo contratado o distinto senhor Ben Whitaker, papel de Robert De Niro, que, viúvo e  no auge da sua aposentadoria reinicia a sua vida profissional aos 70 anos.

Daí vem para mim a principal lição do filme: a interação entre gerações distintas, a famosa, intergeracionalidade. Com pitadas de humor, percebemos no filme os desafios desta adaptação e entendimento.

Observando com um olhar mais sistêmico, fica nítido como o respeito à ordem de quem veio antes, de quem tem mais experiência e vivência pode salvar a pele dos mais jovens que vieram depois.

É um movimento de inclusão, de fortalecimento, de honra e de respeito. Estes aspectos geram um senso de pertencimento incrível dentro das empresas.

Enfim, é um filme que aborda de forma leve e divertida assuntos tão presentes no nosso cotidiano. Vale a pena desfrutar e se atentar aos ensinamentos implícitos que esta película nos traz.

______________________________

Alinne Ferreira, é empreendedora, orientadora profissional e terapeuta sistêmica de Constelação Familiar e Organizacional. Trabalha há 20 anos com educação profissional e corporativa. Ajuda às pessoas se encontrarem no mundo do trabalho, para fazerem mais e melhor.

posts relacionados



Amor
A (DESAFIADORA) ARTE DA EMPATIA

Pra mim sempre foi difícil entender esse lance de empatia. Deixe-me corrig

leia mais +
Amor
A (DESAFIADORA) PRÁTICA DA CONFIANÇA

Já há algum tempo estudo o tema confiança. Matemática nunca foi meu for

leia mais +
Amor
Há amor no mundo do trabalho?

Um estudo da consultoria McKinsey mostra que os brasileiros veem menos significa

leia mais +

explore as categorias


bem-estar

autoconhecimento

Arte

amor
Quer saber de todas as novidades?
Assine nossa newsletter!
© 2020 Amadoria. Todos os direitos reservados.